Mantendo seu cão saudável

Mantendo seu cão seguro durante as férias de inverno

Mantendo seu cão seguro durante as férias de inverno

Natal, Ano Novo, Hanukkah, Kwanzaa - e todas as comemorações que eles representam apresentam problemas de segurança para animais de estimação. Além da excitação e confusão causadas por muitos convidados, existem problemas puramente físicos: um cão pode chamuscar um rabo em uma vela ou engolir enfeites e acabar com um bloqueio intestinal que pode precisar de cirurgia para reparar.

"No geral, as visitas a clínicas nessa época do ano aumentam um pouco", diz o doutor Primovic. "Mas os hospitais costumam ver mais casos de toxicidade, casos relacionados a um animal mordendo um fio elétrico ou casos relacionados a um animal de estimação comendo chocolate ou sobras de mesa e desenvolvendo pancreatite".

Veja como manter um animal de estimação seguro durante esta temporada de férias:

A árvore

  • O cheiro natural de uma árvore de Natal atrai animais de estimação. Mas lembre-se de que as agulhas (mesmo as artificiais) são indigestas. Portanto, mantenha seu animal de estimação longe da árvore (usando um portão de bebê na entrada ou uma grade baixa ao redor da própria árvore) e prenda-o para que ele não possa derrubá-lo.
  • Árvores artificiais representam seus próprios riscos. Pequenos pedaços de plástico ou alumínio podem quebrar e ser engolidos, causando obstrução intestinal ou irritação na boca.
  • Não use conservantes na água parada. Eles podem ser tóxicos se consumidos por um animal de estimação com sede. Cubra cuidadosamente a parte superior do suporte com uma saia de árvore para que seu animal de estimação não consiga alcançá-la.
  • As luzes podem ficar muito quentes - remova-as dos galhos mais baixos da árvore para que não queimem um cachorro.
  • Ouropel é perigoso. Suas bordas afiadas podem causar cortes na boca. Se um animal o engole, pode bloquear os intestinos, causando diminuição do apetite, vômitos, diarréia, apatia e perda de peso. O tratamento geralmente envolve cirurgia.
  • Não use ornamentos comestíveis ou decorações de vidro frágeis e facilmente quebráveis ​​para aparar a árvore. Seu animal de estimação pode derrubar a árvore tentando alcançá-los e seu cão pode decidir que são brinquedos e se cortar tentando brincar com eles.
  • Não use cabelo de anjo. É feito de vidro fiado e pode causar irritação ao contato.
  • Verifique se os cabos elétricos estão fora de alcance, presos firmemente às paredes ou pisos. Mastigar os fios pode causar queimaduras ou edema pulmonar (líquido nos pulmões), que pode ser fatal.
  • Não use ganchos de enfeite de arame que possam prender facilmente uma orelha ou uma cauda ou, se ingeridos, podem se alojar na garganta ou no intestino. Em vez disso, laços de moda, fitas ou barbante leve. E tome cuidado para não deixar nada disso por aí.

    Os presentes

  • Confira os "brinquedos" que seu animal de estimação ou seus filhos recebem como presentes. Um animal de estimação pode engolir pequenas partes; itens de plástico também podem ser facilmente quebrados e engolidos.
  • As embalagens de presente podem ser perigosas para a saúde de um animal de estimação: Seqüelas e fitas podem causar obstrução do intestino delgado, se ingeridas.
  • Antes de jogar fora caixas grandes ou caixas de papelão, verifique o interior para garantir que um filhote não fique enrolado por dentro.

    A comida

  • Álcool e chocolate são tóxicos - mantenha bebidas e doces fora do alcance de um animal de estimação. O chocolate contém uma substância chamada teobromina, e mesmo uma onça de chocolate puro pode ser letal para um cachorro pequeno. Chocolate escuro e sem açúcar são os mais perigosos. Os sintomas de envenenamento incluem vômitos, diarréia, tremores, hiperatividade e convulsões.
  • Os ossos da Turquia deixados em um local acessível são quase irresistíveis para os animais de estimação, mas podem se alojar na garganta de um animal ou bloquear o trato intestinal. Retire as sobras da mesa e não deixe lixo onde os animais possam chegar.

    Riscos internos

  • Certas plantas são uma ameaça para os cães: as poinsétias irritam o estômago e os olhos. Bagas da cereja de Jerusalém são tóxicas e causam dor, vômito e diarréia. Azevinho e visco, amarílis, crisântemo, rododendro e vassoura de inverno, bem como baga de Natal, cereja, pimenta e rosa podem causar problemas aos animais de estimação que os ingerem. Nota: O pot-pourri líquido pode causar queimaduras terríveis na boca de um animal, caso seja ingerido.
  • Aquecedores, fogões a lenha e lareiras podem causar queimaduras se os animais chegarem muito perto.
  • As velas são uma grande atração para os animais de estimação, mas não as deixe sozinhas em uma sala com menorah ou candelabros em chamas - o zunido de uma cauda pode ser desastroso.

    Riscos externos

  • Mesmo uma pequena quantidade de anticongelante é extremamente tóxica. Tem um sabor doce que atrai animais, mas pode causar danos permanentes nos rins ou morte. A dose letal é de 1 colher de chá por 2 libras de peso corporal. Não deixe os animais beberem de poças e limpe as patas quando um animal de estimação vier do exterior.
  • Não deixe seu cachorro sozinho no carro enquanto faz compras ou compras de última hora. O monóxido de carbono de um motor deixado em funcionamento é perigoso.
  • O sal-gema pode irritar as patas de um animal de estimação. Enxágue e seque-os cuidadosamente. Para amolecê-los e evitar rachaduras, espalhe-os com uma pequena quantidade de vaselina.